15 fevereiro 2016

Resenha Procura-se um marido


OI, OI, OI amoresss! Hoje o assunto é resenha de um livro MARAVILHOSAMENTE LINDO que entrou com certeza nos meus favoritos. É incrível como ultimamente os escritores brasileiros estão sendo incríveissss! E ainda estou me perguntando COMO eu não tinha lido esse livro antes.


A protagonista é a Alicia, ou "garota problema" como preferir. Ela tem 24 anos, já viajou pra milhares de lugares e também já foi presa em suas aventuras, adora uma balada e ama seu vô Narciso que é dono de uma riqueza incalculável  e sua única família; já que seus pais morreram quando ela tinha apenas 5 anos.
Para o desespero de Alicia seu vô também morre (isso não é spoiler, está na sinopse), e agora a "garota problema" estava completamente sozinha e sem NENHUM dinheiro. Pera lá Marina, não era pra ela ser herdeira de tudo? Pois é, ERA. Seu vô deixou um testamento no qual a excluía completamente da herança, dizendo que ela não tinha maturidade para tal responsabilidade ao menos que... ela se casasse. OI?
Claro que Alicia não ia se casar assim, né galera? Ela se recusa na mesma hora alegando que ia permanecer solteira e que não tinha idade para se casar. Mas, para infelicidade da Alicia, ela só ia tocar no dinheiro quando fosse casada depois de um ano, totalmente desesperada ela tem a brilhante ideia de burlar o testamento. "PROCURA-SE UM MARIDO" foi seu anúncio no jornal, bem louco, né? Digamos que, bem "Alicia", louca e inconsequente. Surgiram vários candidatos, um pior que o outro, mas é claro que apenas um seria capaz de fazer seu coração disparar, seria apenas um capaz de intimidar essa garota.
Ah, não podemos esquecer que quando Alicia perde "tudo" já que a mansão também faz parte de sua herança ela é sujeita a trabalhar em uma das empresas do seu vô L&L cosmético como ASSISTENTE DA SECRETÁRIA, isso aí meu povo, você não leu errado. Obviamente não ia ser tão fácil assim, certo? Lá ela vai conhecer pessoas que não estão nem um pouco contente com a sua presença, e vão fazer de tudo para infernizar essa menina. Ah, e teve alguém que conseguiu deixar sua vida ainda mais bagunçada e ele é o MÁXIMO (piadinha interna pra quem leu). Sério gente, esse ser me fez ter certeza que muitas das vezes é melhor um "lobo mau" ao "príncipe encantado", se bem que ele tinha os dois... A Carina soube muito bem como construir ele, sem deixar com cara de "forçado" e muito menos clichê. Autêntico, irônico, lindo, sedutor, inteligente, amoroso. (EXISTE ALGUÉM ASSIM NA VIDA REAL???)
Alicia também tem uma melhor amiga a Mariana ou simplesmente Mari que é uma amiga que TODO mundo deveria ter, sério! Ela sempre está disposta ajudar a Lili (Alicia) mesmo quando isso se trata de uma completa loucura.


"[...] era uma incógnita para mim. Às vezes, como naquele momento, me tocava sem que eu precisasse recorrer a subterfúgios. Em outras, dava mais trabalho que cabelo alisado com chapinha em dia de chuva."

Ah gente, minha opinião final é UM TRILHÃO DE AMOR multiplicado por MIL. Eu ri (MUITO), chorei, suspirei, torci e quando o que eu queria aconteceu até fiz uma dancinha de tanta alegria! Carina soube construir cada personagem com muita opinião e personalidade fazendo com que eu me sentisse super amiga dos personagens. Alicia é o tipo de protagonista que você torce até a última página, que tem um humor adorável e gente, ela é ALICIA! Além do romance em si também temos suspense (E MUITO) e ação o que faz a gente ficar prolongando aquele "último capitulo" e fazendo a gente roer todas as unhas para FINALMENTE saber toda verdade da trama. Procura-se um marido é indescritível, LEIA! Um beijão e até a próxima!

p.s: Eu andei sem postar por motivos de "bloqueio" e também com as aulas voltando e tals complicou um pouco meu lado, já que é manhã e tarde. Enfim, não sei se vou continuar ou não :s. 

26 janeiro 2016

Coisas de mãe - Darlan Mariano

Oooooi gente, tudo joia? Hoje eu vim falar de MÃES, uns seres bem curiosos, né? E pra começar o post nada melhor que assistir um vídeozinho sobre esse assunto! Você ainda não está inscrito nesse canal? COMOASSIM?! Canal Darlan Mariano, corre lá pra conhecer mais e claro deixar seu like que vai ajudar muitão!


Vamos começar falando do funk NUM É NUM É NUM É NÃO. Só não gostei dele esfregando na nossa cara que já terminou a escola, isso não se faz Darlan! E realmente, qual mãe que NUNCA mandou levar um casaco/ guarda chuva em um dia ensolarado? Aí o que a gente faz? Não mãe, que nada, o dia tá lindo! Dá um passo pra fora de casa e cai aquele toró. E outra, qual mãe que não reclama da nossa baguncinha? Parece que elas não entendem que nossas coisas tem vida própria, porque eu JURO meu chinelo some sozinho.... Isso de nota é um clássico, certo? "Seu dever é tirar nota boa, não faz nada da vida, só estuda". Daí quando você vai todaaaa feliz mostrar que tirou um 9, o que ela fala? "Dá próxima tira um 10, heim?".
Ahhhh, não podemos esquecer do clássico: "Mãe, posso sair? Todos meus amigos vão." "VOCÊ NÃO É TODO MUNDO." Sem contar com os dramas, né galera?


imagem do google.
Agora vou falar umas frases CLÁSSICAS que nossas mães falam, acho que mãe é tudo igual, né? Só muda de casa e CPF.

-Eu não sou sua empregada. (essa é de sempre.)
-Na sua idade eu já trabalhava. (e aí começa aquele discurso de UMA HORA que você não faz nada.)
-Tá achando que sou suas amiguinhas, é?
-Vai dormi que amanhã você tem aula. (21h e elas já tão mandando...)
-Quem vai? (SEMPRE A MESMA PERGUNTAAAAA)
-Não faz nada o dia todo. (Eu respiro, durmo, assisto série, leio livros, é muita coisa...)


Enfim galera, um post bem descontraído pro dia de hoje, e quem aí tá perguntando o motivo desse tema já que não é nenhuma data especial, eu te digo: É SIMMMMMM. Todo dia é dia de lembrar de nossas mãezinhas, afinal, o que seria nós sem o senso meteorológico, sem sua preocupação, sem dar lição de moral, né?  AINDA NÃO FOI CONHECER O CANAL DO DARLAN? Corre pois você tá perdendo, heim? Beijosss e até a próxima ♥ 

23 janeiro 2016

Resenha Um Ano Inesquecível

                                5/5   ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ / Editora Gutenberg / 397 páginas / Literatura Juvenil

OI, OI, OI gente! Sim essa animação toda é porque o post de hoje é RESENHAAA, que saudades de falar de livros aqui! Nada melhor que começar 2016 lendo "Um ano Inesquecível", espero que realmente seja! Primeiramente que esse livro não tinha nem como ser ruim com AS QUATRO AUTORAS BRASILEIRAS QUE SAMBAM E ARRASAM! Vamos conferir um pouquinho desse livro?


Paula Pimenta - Enquanto a neve cair. Comecei com altas expectativas por se tratar da Paula, e claro que foi puro amor esse conto! Nele somos apresentados a Mabel, uma menina de 14 anos cheia de personalidade e uma paixonite platônica pelo Igor, um menino que ela tinha ficado. Surgiu então a oportunidade dela passar um final de semana no sítio da Magê uma de suas melhores amigas, e nesse sítio o Igor também ia estar presente. Claro que nem tudo ia ser perfeito assim, né? Seu pai conseguiu uma viagem para o Chile e a Mabel é arrastada nessa sem nenhuma vontade. E é no Chile então que temos todo o desenrolar da história com todas as enrascadas que a Mabel se mete e de como ao longo da viagem ela começa a dar importância ao que realmente vale a pena. E que talvez o Igor não passasse de uma ilusão...

Babi Dewet - O som dos sentimentos.  Eu nunca tinha lido nada da Babi, e gente, como me arrependo! O conto dela flui de um jeito tão legal que é impossível parar de ler. A história da vez é da Anna Julia, uma menina que cursa o última ano do ensino médio e está sofrendo toda pressão de Enem, vestibular e para completar um estágio. Completamente viciada em podcast e que não gosta nem um pouco de música. Nesse mesmo livro conhecemos o João Paulo, que faz faculdade de música. João Paulo todos os dias vai para a Avenida Paula com o intuito de tocar seu violão e claro, arrecadar dinheiro para ajudar pessoas e lugares. Como é a passagem de Anna Julia ela acaba sendo atraída por aquele menino desajeitado e com um olhar de parar seu coração. E é a partir de então que esse outono larga de ser mais um e passa ser o melhor. O mais interessante é que a Babi soube muito bem intercalar o livro entre um e outro, mostrando ambos os lados e sem deixar confuso.


Bruna Vieira - A matemática das flores.VAMOS FALAR AGORA DO MEU CONTO FAVORITO. Pensei que ia ser impossível escolher o melhor, já que a Paula Pimenta e Thalita são simplesmente demais. Quando comecei essa história não consegui parar até a última letrinha da ultima frase. Sério, a Bruna cada vez está me surpreendendo mais! Aqui nós conhecemos a Jasmine ou Jas, seu nome é pelo fato da mãe ter como flor preferida a jasmim. Ela está no seu último ano da escola e enfrentando grandes problemas com a matemática, para completar, Jas não ia nem um pouco com a cara do seu professor Carvalho, de matemática. Seus pais com medo da filha repetir justo o último ano começaram a pressionar mais e mais a menina, que não ficou nada satisfeita. Sua mãe então acaba tendo uma conversa com o diretor e o professor Carvalho, que sugerem aula particular. Claro que ela não ficou nem um pouco contente com a falta de confiança dos pais, ela já estava no seu último ano e se achava suficiente para fazer suas próprias escolhas. Ah, e quem vai dar essas aulas é o Davi, um garoto que cursa engenharia e que AMA matemática. Além disso tudo, Jas sofre com suas "inimigas" que tentam destruir tudo, e claro, criticar os cabelos crespos de Jasmine. Davi e Jasmine porém conseguem dar a volta por cima na situação. É impossível não deixar de se comparar com a Jasmine, tanto pela dúvida de qual faculdade escolher, pela insegurança e a busca da independência. LEIAM ESSE LIVRO!

Thalita Rebouças - Amor de Carnaval. Thalita é Thalita, né gente? E não tinha outra estação que combinava mais com a escrita dela, super levinha e com uma ótima história. Somos apresentadas a um trio inseparáveis de amiga: Inha, Tati e Kaká que são sonhadoras e tem um blog! O sonho de Kaká era se casar com um príncipe, de Tati ficar famosa e de Inha (minha personagem preferida) ser nutricionista e claro superar sua decepção amorosa. Tudo começar a tomar rumo quando o irmão da Tati fica com Keilinha Kero-Kero uma funkeira que estava no auge da fama. As três amigas então vão curtir o carnaval carioca de camarote e é lá que tudo dá seu jeito. Será que a Inha vai deixar de lado sua ex ilusão amorosa? Será que Tati vai mesmo conseguir seus minutos de fama? Será que Kaká vai mesmo se casar com um príncipe? Isso vocês só vão descobrir se lerem esse conto maravilindo que é a cara do verão!


Desculpa a resenha grande, mas é muito amorzinho pra poucas linhas! Foi incrível ter a experiência de ler um livro que tinha escritoras que eu admiro MUITO, e cada uma delas conseguiram passar uma mensagem para os leitores! Enfim, a resenha foi essa, VOCÊ TÁ ESPERANDO O QUE PRA LER ESSE LIVRO MARAVILINDOOOOO? Beijão e até a próxima! ♥